segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Os 7 problemas de pele mais bizarros do mundo

Conheça os 7 mais bizarros problemas de pele diagnosticados pela a medicina. Alguns são problemas genéticos, outros causados por vírus, um é completamente desconhecido e outro é devido a burrice de ingerir prata.

Vi no Shareordie.in (em inglês).

1. Argiria: Pele Azul, o Smurf do mundo real

Este problema é conhecido clinicamente como Argiria. Trata-se se um problema causado pela ingestão prolongada de sais de prata.

Esse senhor azul aí em cima é o americano Paul Karason. Ele contou, em reportagem a rede ABC, que tinha um problema de artrite e que ficou sabendo que esse problema poderia ser resolvido ingerindo-se quantidades de sais de prata junto a comida, o que não têm nenhuma comprovação científica.

O resultado foi que, além de não ter sarado da artrite, o pobre coitado ficou com a pele azulada, um problema conhecido como Argiria e que não tem cura.

2. Vírus Papiloma: o “Homem Árvore”

Após uma infecção severa causada por um vírus conhecido como Papiloma (HPV), Dede Koswara, um pescador indonésio de 35, ficou conhecido como o “homem árvore”. O problema começou quando ele era adolescente e fez um pequeno corte no joelho e, após esse evento, notou que começaram a nascer em seu corpo algumas verrugas estranhas.

Dede foi rejeitado pela esposa, família, vizinhos e amigos; atualmente ele vive em um hospital na Indonésia, onde é mantido devido as doações que recebe desde 2008, quando seu caso ganhou popularidade devido a mídia local.

3. Hipertricose: o “Homem Lobisomem”

A Hipertricose Congênita é um problema raríssimo, tão raro que foram relatados apenas 50 casos desde a Idade Média.

Esse problema é caracterizado pela capacidade excessiva de nascer muitos pelos onde normalmente eles não estariam presentes. Algumas pessoas apresentam esse problema desde o nascimento, em outras ele aparece mais tarde.

A foto aí em cima é de um garoto indiano de 11 anos chamado Pruthviraj Patil. Este garoto tem lutado contra esse problema de todas as formas possíveis, desde homeopatia até tratamentos a laser, mas sem sucesso. Atualmente ele está sendo investigado por uma equipe de cientistas da área médica empenhados em descobrir uma cura definitiva para este mal.

4. Linhas de Blaschko: listras estranhas por todo o corpo

Um fenômeno extremamente raro da anatomia humana e ainda sem explicação, é um problema conhecido como “Linhas de Blaschko”, que foi estudado pela primeira vez pelo dermatologista alemão Alfred Blaschko, em 1901.

Alguns problemas de pele herdados ou adquiridos se manifestam na pele humana seguindo alguns padrões de desenhos, alguns em “S” e outros em “V”, dando um aspecto de “mosaico” à pele dessas pessoas.

Ainda não se sabe o que causa esses mosaicos na pele das pessoas, se é um problema nervoso, muscular ou linfático.

5.Vitiligo: manchas brancas na pele

Vitiligo é um problema de pele causado quando grupos de célula que produzem a pigmentação, os melanócitos, são destruídos. Esse problema produz áreas na pele do doente sem nenhuma pigmentação, ou seja, o sujeito fica todo cheio de manchas brancas pelo corpo.

A incidência dessa doença é de 1% a 2% de toda a população mundial e a sua causa é muito complexa e ainda desconhecida, mas sabe-se que é causada por uma somatização de fatores ambientais, genéticos e de histórico de doenças.

Um exemplo famoso de uma pessoa atingida por esse mal, é o falecido cantor pop Michael Jackson. Ele tentou resolver o problema removendo a pigmentação do resto da pele, ficando totalmente nas cores das manchas, isto é, branco. Imagine se você fosse negro e começasse a nascer manchas brancas no seu corpo!

6.Tungíase: ovos de pulga dentro da pele

Tungíase é uma infestação por ovos de um tipo de pulga conhecida como Tunga, encontrada na região dos trópicos em partes da África e do Caribe.

Ocorre quando pulgas botam seus ovos na pele dos humanos causando feridas estranhas em forma de círculo por todo o corpo. A maior epidemia já registrada de pessoas infestadas for esses ovos de pulga aconteceu na Nigéria nos anos 1980, quando 40% das crianças apresentavam Tungíase.

7.Dermatografia: pele muito sensível

Dermatografia é uma rara condição onde a pele se torna extremamente sensível a pequenas lesões, arranhões e até mesmo a luz solar. A pessoa acometida por esse mal apresenta hipersensibilidade do sistema imunológico (alergia), através da pele, que faz com que o corpo libere uma quantidade exagerada de histamina, fazendo com que os vasos capilares fiquem muito dilatados, provocando equimoses (que duram cerca de 30 minutos) sobre a pele levemente arranhada.

Isso significa que você pode fazer como a artista Ariana Page Russell, que resolveu usar a sua condição de portadora dessa doença para criar obras de arte no próprio corpo. Após 30 minutos as marcas antigas desaparecem e a sua pele volta a ficar lisa, até ser arranhada novamente.

3 comentários:

Anônimo disse...

Legal amigo, ms faltou na lista a síndrome de harlequim.

Anônimo disse...

Vitiligo não é muito interessante....pelo contrário é uma anormalidade relativamente comum. E qual o objetivo disso mesmo? Se divertir com a desgraça de alguns?

Anônimo disse...

Que comentário idiota, o objetivo é informar, é uma curiosidade, santo Deus, como você é um ser ignorante...tá sensibilizadinho chora!