segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Pesquisadores brasileiros criam sistema de simplificação de textos

simplifica

      Pesquisadores da USP de São Carlos estão criando ferramentas capazes de reduzir a complexidade lingüística dos textos, substituindo palavras raras (menos freqüentes) por palavras mais usuais, e dividindo e reorganizando orações longas e complexas.

      O objetivo dos programas PorSimples e Facilita é o de simplificar a leitura de textos em português disponíveis na internet para, com isso, facilitar a compreensão das informações para crianças e adultos em processo de alfabetização ou pessoas com algum tipo de deficiência de leitura.

      Já o editor Simplifica é voltado para produtores de conteúdo (escritores, professores, webmasters, jornalistas, por exemplo) que desejam criar textos simplificados adequados ao mesmo público.

      Os programas estão sendo elaborados com conceitos e ferramentas de uma área conhecida como processamento de linguagem natural (PLN), permitindo melhorar as características dos textos, como a inteligibilidade e a compreensibilidade para cada público-alvo do projeto.

      Uma das técnicas, chamada "simplificação forte", usa um conjunto de regras para tornar uma oração o mais simples possível. Esse tipo de simplificação é destinado a analfabetos funcionais do nível rudimentar, que são capazes de encontrar somente informações explícitas em textos curtos.

      Já a "simplificação natural" produz frases mais adequadas para analfabetos funcionais do nível básico, aqueles que lêem textos um pouco mais longos e já são capazes de fazer deduções simples para obter informações contidas no texto.

      Como estão em fase de desenvolvimento, as ferramentas ainda não foram disponibilizadas para uso público, o que deverá acontecer na próxima etapa da pesquisa. Um protótipo pode ser visto no endereço http://nilc.icmc.usp.br/~matheus/simplifica/.

Leia a matéria completa clicando aqui.

Fonte: MCZiNFO

Nenhum comentário: