quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Conheça as tatuagens mais estranhas do mundo

      Nunca na história desse país as tatuagens estiveram tão na moda. Elas já foram tabu entre as mulheres e, mesmo entre os homens, durante muito tempo eram exclusividade de prisioneiros. A tatuagem era a marca da desonra.

      Nos anos 70, o movimento hippie redescobriu o estilo de vida "puro" dos indígenas americanos. E deles copiou a mania de pintar o corpo, não se importando se as pinturas dos índios fizessem parte dos rituais de guerra.

      De lá para cá, homens, mulheres, hippies, punks, metaleiros, velhos e crianças aderiram ao costume. Muitos deles, como você vai ver a seguir, erraram a mão.

Esses carrinhos já seriam feios em um guri de 10 anos... já o alucinado apostou em uma seringa 'na veia'. À direita, integrantes da banda Metallica longe da boa forma.

A meiga Hello Kitty dá o tom 'fofo' no rosto do sujeito.

À esquera, um tradicional biquíni de bolinhas; à direita, uma homenagem que não deu muito certo.

Acostume-se com a menina-zumbi ou insira uma moeda para continuar o jogo.

Todos os lugares do mundo, desde os cantos mais remotos.

Um clássico GameBoy sai da palma da mão e vai parar um pouco abaixo do umbigo.

Entre duas poses nada discretas, Michael Jackson carrega uma criança.

Nenhum comentário: