quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Após plástica, chinesas são barradas na volta por não serem reconhecidas

      Um grupo de mulheres chinesas que viajou para a Coreia do Sul para realizar cirurgias estéticas confundiu os oficiais de imigração no retorno ao país, pois a nova aparência delas não coincidia com as fotos em seus passaportes, segundo o jornal "China Daily".

      De acordo com a reportagem publicada nesta quarta-feira (12), as 23 mulheres, com idade entre 36 e 54 anos, apresentavam olhos e narizes maiores e queixos mais finos do que os traços que apareciam em seus passaportes.

      "Depois que elas tiraram seus enormes chapéus e grandes óculos escuros seguindo nosso pedido, vimos uma aparência diferente nelas, com curativos e pontos", disse Chen Tao, oficial do aeroporto de Xangai Hongqiao.

      Ele destacou ainda foi necessário comparar com cuidado outras partes que não passaram por cirurgia para pode comprovar a identidade das mulheres. O processo de identificação de cada uma delas acabou demorando vários minutos, em vez da média normal de 45 segundos.

      "Elas disseram para os agentes que são amigas e que tinham ido juntas à Coreia do Sul para se submeter a cirurgias estéticas", disse Chen, destacando que foi solicitado que elas renovem seus passaportes imediatamente.

Nenhum comentário: